Modern Warfare 2 faz a indústria de games esquecer a crise

Algumas notícias demonstram claramente a contradição que a indústria dos games vive hoje. Em meio à crise sorrateira que assolou o mundo em 2009 as desenvolvedoras ficaram na espreita até conseguirem se posicionar no mercado atual. Os resultados do ano passado estão saltando pela imprensa especializada e agora podemos entender como reagirá o mercado em 2010.

Segundo os dados apresentados pelo site Gamesindustry o mercado mundial de jogos retraiu 8%. O resultado pode ter influenciado diretamente na reestruturação de algumas desenvolvedoras. Namco Bandai e Take-Two Interactive afirmam que estão em processo de renovação e demissões em massa podem ocorrer.

Darksiders (o último título lançado pela THQ) não foi o fenômeno de vendas que imaginaram (foram distribuídos nas lojas 1,2 milhões de unidades), todavia o lançamento da nova franquia foi essencial para um bom fechamento de ano para a empresa: “Temos a satisfação de informar a rentabilidade sólida no terceiro trimestre e estamos no caminho certo para alcançar todas as nossas metas financeiras fiscal de 2010 que temos anunciado no início do ano fiscal”, disse o presidente e CEO da THQ Brian Farrell.

Outro ponto para ser destacado nessa semana foi o anúncio de que Call Of Duty: Modern Warfare 2 foi o game mais vendido em 2009, com mais de 11,86 milhões unidades comercializadas. Os altos investimentos para a produção desses blockbusters são comentados por Anita Frazier, analista da indústria do NPD Group (empresa de pesquisa de mercado): “com o enorme investimento necessário para produzir software para esta geração de consoles, muitos editores falam sobre a diminuição do número de lançamentos por ano, que permitirá que as suas equipes se concentrem em maximizar o sucesso de cada título. A teoria é que isto irá produzir jogos de alta qualidade, resultando em melhores vendas. Entretanto, o resultado final de 2009 nos mostra que o número de títulos que entraram no mercado ainda está crescendo, com 778 novos lançamentos 2009, acima dos 764 em 2008.”

Entre os grandes resultados e a queda em alguns números, podemos entender que o mercado está favorável para os produtos de qualidade. Games com grande investimento, boas idéias e apelo comercial estarão sempre em alta, independente do momento econômico que vivemos.

Estamos em um ano repleto de novidades e temos que aguardar para entender como o mercado reagirá a essa enxurrada de alternativas. Entretanto, posso presumir que em 2011 comentaremos sobre a recuperação da indústria e as incríveis vendas de God of War 3 e Halo Reach. É só aguardar!

Anúncios

2 Respostas

  1. Acho errado afirmar que MW2 ignorou a crise. Ele foi um acontecimento único que não reflete a situação do resto do mercado, que no geral está retraindo mesmo. Seria a mesma coisa que afirmar que só por causa da obra de arte que é Bayonetta, o mercado japonês não está numa descida ladeira a baixo cada vez mais rápido e sem previsão de puxar o freio de mão tão cedo.

    • Mas a crise não afetou o número estrondoso de vendas…é nisso que estou me referindo…Como eu disse, um jogo bem feito é sinônimo de vendas….Não interessa a época econômica…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: