Jogadores casuais. Sim, eles existem!

Em um universo totalmente hardcore, os jogadores assíduos de videogame recriam seu mundo virtual. A palavra casualidade, certamente, não é vocábulo integrante do seu dia a dia, e as horas a finco diante da tela é algo comum. O crescimento dessa indústria abriu as portas para um novo tipo de gamer, que como todos os outros, possuem características próprias e gosto apurado… Eis que surge o jogador casual!!!

Existem vários pontos para serem discutidos com relação à casualidade, como por exemplo, seu significado. Segundo o dicionário On line, casualidade é algo acidental, acaso. Então jogador casual é aquele que joga por acidente? Complicada essa afirmação. Jogar por acidente  é raramente por as mãos em um controle e, além do mais, torna esses jogadores pessoas que não conhecem os jogos e que pouco se importam com essa forma de entretenimento.

Jogador casual pode ser classificado de várias formas. Entre todas as suas características, podemos definir como alguém que gosta de apenas um estilo de game ou que direciona sua atenção a um jogo específico. Possuir ou não videogame é indiferente, pois existem exemplos de pessoas que, mesmo com o console em casa, não desprende muito seu tempo em detonar jogos. Jogadores casuais não discutem sobre games todos os dias, mas de uma forma moderada, acompanham os principais lançamentos (no seu gênero escolhido)  ou pode jogar na casa do amigo, do vizinho ou do irmão.

Em cada situação, o que leva um jogador assíduo a um jogador casual pode variar de acordo com sua experiência de vida e maturação das suas escolhas. Em uma situação normal, qualquer jogador tem a pré-disposição a se tornar hardcore. O enredo, os gráficos e os gêneros estão muito bem definidos e explorados pelas grandes empresas, tornando seus jogos altamente adaptáveis a sua vida, e de certa forma, necessários. Vamos tomar como exemplo um jovem na faixa dos 13 anos, que como qualquer um na sua idade, possui um Playstation 2. Jogos memoráveis foram lançados e sua biblioteca é muito vasta. Nosso amigo imaginário joga cerca de 3 horas por dia. O tempo foi passando e sua necessidade de jogar continuou a mesma. Os lançamentos são decorrentes do seu dia a dia e as horas de jogatina continuam mesmo ele já tendo 17 anos. Mas um fato curioso toma sua vida. O namoro desse jovem o fez “esquecer” um pouco da sua vida virtual e o tempo designado para esse universo diminuiu sensivelmente. Com sua vida dedicada a namorada (algo muito comum em qualquer idade) sua jornada gamer cai de 3 horas diárias para 6 horas semanais.

O tempo continua passando, o trabalho e a faculdade são uma realidade, e no auge dos seus 22 anos, joga apenas 3 horas por semana. Pronto, em um exemplo bem cotidiano, vimos a transposição de um jogador promissor a hardcore a mais um gamer casual.

Claro que é apenas um exemplo fictício e as causas para essa mudança são bem mais complexas, mas servem para ilustrar de uma forma categórica, essa mudança de comportamento referente jogos eletrônicos.

José Renato, estudante de 21 anos, tem mesma visão de jogador casual. Renato em entrevista ao Push Start se auto-definiu como um jogador casual: “tenho um Play 02 que fica na minha casa, mas apenas nos finais de semana tenho tempo para jogá-lo”. Como dito antes, a falta de tempo atrapalha seus planos referentes ao Playstation e aos campeonatos de Pro Evolution : “ costumo  jogar nesse tempo. PES  é sempre minha escolha favorita, mas gosto de outros gêneros também, como God of War” . Indagado sobre o mercado de games, José Renato respondeu: “acompanho pouco. Normalmente busco informações sobre os jogos que gosto, mas não é todo dia”, afirma.

Desse mesmo ponto de vista, o professor de educação física Francisco Dada Neto, 24 anos, se encaixa nesse perfil, onde joga aproximadamente 2 horas semanais. Neto comenta que  o trabalho consome o tempo da sua jogatina: “o trabalho me dispõe muito tempo da semana, logo o pouco tempo de folga que tenho procuro dividir com minha namorada, o descanso, etc”. Quando perguntado sobre lançamentos disse sem pestanejar: “acompanho sim, estou sempre buscando informações sobre os tipos de jogos que me interessam.”

Entender cada ponto de vista, ou buscar um pouco mais de motivação, são ingredientes necessários para cativar de uma forma definitiva esses jogadores. Em cada lançamento, ou prévia de algum jogo referente ao seu gosto, esses gamers se tornam consumidores certos e bastantes críticos, pois buscam nesse games momentos de pura diversão e entretenimento.

Na luta para conquistar jogadores casuais, os consoles da geração atual lançam jogos e mais jogos onde a casualidade tem papel fundamental. Games como Scene it para Xbox 360, ou com Wii Sports para Nintendo Wii são exemplos dessa realidade. Outro modelo dessa nova tendência é o game Colheita Feliz, para Orkut. O jogo possui mais de 1 milhão de gamers que consomem as moedas verdes e montam suas fazendas customizadas. Kamila Cerillo, 30 anos, professora de educação físíca, gosta muito do jogo do Orkut: ‘as vezes eu até sonho com o game. Eu gosto de evoluir minha fazenda, gosto de ver ela crescendo e quero subir de nível sempre”, e continua: “gosto de jogar pois distrai, é fácil e mostra, para mim, a ambição das pessoas”, complementa e educadora.

O lançamento do Project Natal da Microsoft, ou do Arc da Sony vem de encontro com esse movimento casual. A interatividade, a simplicidade e principalmente o bolso desses jogadores estão em pauta todos os dias nas desenvolvedoras.

As empresas estão começando a entender esse público casual. As soluções encontradas estão divertindo, aproximando, entretendo e cultivando um novo movimento na indústria do videogame. O futuro da diversão está na capacidade de interação do público com o objeto desejado e os videogames irão, certamente, posicionar-se de forma coerente nesse aspecto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: