Com público acima do esperado, a Gameworld 2010 superou as expectativas

Emocionante. Esse, certamente, foi o sentimento mais contundente quando Charles Martinet, dublador de Mario, Luigi, Wario, Waluigi, Baby Mario e Baby Luigi, subiu ao palco do Centro de Convenções Frei Caneca, representando a Nintendo, para receber o prêmio de Melhor Produtora/Desenvolvedora. Uma plateia ensandecida e apaixonada pela empresa recebeu o Ator com gritos, aplausos e empolgação bem característicos dos brasileiros.

O Gameworld 2010 conseguiu, ainda, agrupar ordenadamente algumas peculiaridades. O espaço destinado para as empresas foi bem distribuído e os grandes nomes da indústria marcaram presença. Sony, Microsoft, Nintendo, AMD, WB Games, Gameloft, entre outros, demonstraram algumas novidades, além de propiciar aos visitantes a experimentação de lançamentos.

God Of War 3, e toda a hype criada no protagonista Kratos, propiciou filas homéricas nos estandes disponíveis. Outro destaque foi a prévia de 2010 Fifa World Cup South África, que convergiu em disputas animadas entre os participantes do evento e demonstrou que a Konami tem um trabalho árduo pela frente se, ainda, quiser competir com a série FIFA. A prévia você confere logo mais no PS.

Cerca de nove mil pessoas compareceram nos dois dias da Gameworld. O público superou as expectativas dos organizadores. Luiz Ricci, um dos produtores do evento, afirma que era o momento certo para a concepção de um evento com maiores proporções: “quando tivemos informações sobre a E3 e soubemos da importância da feira elaboramos um paralelo com o Brasil e verificamos, assim, que foi o único país que cresceu na América Latina devido a crise. Foi a hora que decidimos `vamos fazer um negócio grande”, enfatiza.

“Como pensamos no macro, decidimos apostar nesse espaço do Frei Caneca, por ser um local de fácil acesso para todos os públicos.Praticamente, até o final do ano não tínhamos nenhum espaço vendido. Tudo começou a acontecer nesses três primeiros meses do ano,  quando Charles Martinet e a Nintendo fecharam à participação, todos os outros seguiram os seus passos. Esperamos que no ano que vem, possamos dobrar de tamanho”, conclui Ricci

O potencial do mercado brasileiro foi um assunto marcante nas conversas dos corredores, e Rodrigo Drysdale, diretor de Marketing da WB Games, confia nesse pressuposto. “A divulgação dos nossos jogos, nesse momento que estamos com uma parceria com a EA, é de extrema importância. Achamos que o mercado brasileiro tem um potencial enorme e já trabalhamos com Home Vídeos há quase duas décadas. Criamos uma divisão destinada exclusivamente para os games, mostrando a importância que esse segmento tem no Brasil. Temos uma base muito significativa aqui, com quase 25 milhões de jogadores, e a GW é a melhor maneira de divulgar o nosso trabalho”, e continua: “não tínhamos ideia do público e temos que levar em consideração que estamos no meio da semana e no período da tarde. Estamos impressionados com o que vimos”, enaltece Drysdale.

Um dos destaques da Gameworld  2010 é a participação das desenvolvedoras de jogos para celulares. Nesse quesito, Benjamin Vallat, country manager para o Brasil da Gameloft, reconhece as peculiaridades do mercado brasileiro e enalteceu a importância de eventos dessa magnitude. “O mercado nacional tem um potencial enorme, pois temos um grande número aparelhos o que coloca o paíse entre os seis primeiros colocados no mundo em quantidade (mais 174 milhões de telefones celulares vigentes)” e continua: “o Brasil é uma país de jogadores. Falta apenas um apoio nas mídias mais tradicionais para difundir ainda mais os videogames em si”, argumenta Vallat.

Público

Além da jogatina nos consoles e computadores disponíveis, foram realizados diversos campeonatos embasados nos jogos: Street Fighter IV, Tekken e Guitar Hero. Os gritos de vitória ou na realização de combos memoráveis eram comuns em todos os cantos.  As disputas eram intensas, e o público delirava com os desfechos dos combates. Era comum, na mesma proporção, encontrar os participantes caracterizados com o seu personagem predileto.

A quantidade de “Marios” e “Luigis” foi impressionante, assim como a fila para o estande da Nintendo, certamente, o mais concorrido. Na categoria Cosplay ‘profissional’ a disputa estava atraente. Personagens memoráveis como: Snake (Metal Gear), Dante (Devil May Cry), Ezio (Assassin´s Creed 2, com direito a adaga mortal e tudo) e Jin Kazama (Tekken) eram os mais impressionantes.

A visitante Luana Herman afirma que esse tipo de feira deve ocorrer mais vezes: “essa iniciativa é interessante, pois vejo muitas pessoas diferentes. É um encontro legal de toda essa galera. Eu gostaria de jogar mais videogame, mas infelizmente, o tempo é curto”, enaltece Luana.

Premiação

O troféu Gameworld foi concebido em 2004 e tem como objetivo principal de incentivar o mercado nacional de jogos eletrônicos. Esse ano foi aberto para o público a opção de votar no site oficial do evento, entretanto, em algumas categorias específicas o voto foi ministrado por um júri especializado. Logo após as explanações iniciais, a jornalista Flávia Gasi apresentou e os respectivos vencedores. Foram eles:

  • Celular:

Sony Ericsson F 305 (Infelizmente, nenhum representante da empresa compareceu para receber o prêmio).

  • Operadora de Celular:

Oi (chegou a São Paulo com tudo e apresentou novas possibilidades para os consumidores).

  • Case Publisher Móbil:

Asphalt 4 – Gameloft

  • Fabricante de chip Gráfico:

Nvidia

  • Melhor fonte de alimentação:

Cooler Máster

  • Melhor vitrine de VídeoGames:

Loja Only Games

  • Melhor Site e-comerce:

Dati Shop

  • Melhor campanha publicitária de games:

Synergex – Street Fighter IV (o vídeo promocional da luta entre Ryu e Ken é maravilhoso!).

  • Experiência de compra:

Uz Games

  • Distribuidora de Games:

NC Games

  • Distribuidora de MMo Nacional:

Game Max

  • Melhor produtora/Desenvolvedora

Nintendo (euforia generalizada e marcante. A entrada de Charles Martinet foi, no mínimo, espetacular)

Categoria melhores jogos:

  • Playstation 2

PES 2010 (vaias contundentes nesse momento).

  • Nintendo DS:

Legend Of Zelda Spirit 2

  • PSP:

Dissidia Final Fantasy

  • PC:

Modern Warfare 2 (óbvio e merecido. O jogo é fantástico).

  • Xbox 360:

Assassin´s Creed 2 (nesse momento, Renato Parizzi, jornalista do blog Xbox 360 graus, afirmou: “Azarão”! Concordo com ele, afinal, desbancou MW2, SFIV, Halo 3 ODST e Batman Arkhan Asylun)

  • Playstation 3

Modern Warfare 2 (aqui, sem surpresas)

  • Wii:

Mario Wii – (mais gritaria e torcida organizada. Bonito de ver)

  • Melhor jogo do ano:

Modern Warfare 2 (era o mais cotado, afinal, tinha vencido em duas categorias)

Até o ano que vem

A sensação de “dever cumprido” era evidente no final das premiações. O Brasil caminha a passos largos para o amadurecimento da indústria. Com uma base instalada de, aproximadamente, 25 milhões de jogadores, os alicerces e as necessidades desse público estão cada vez mais evidentes. Temos que nos acostumar com essa realidade, e torcer para que, continuamente, possamos contemplar essas iniciativas. Valeu, e muito, a participação.

Anúncios

2 Respostas

  1. Vou contra todo o meu medo de ser repetitivo e chato, afirmando que o PushStart usa como prova de que é oq há de melhor em games na web brasileira, essa matéria impressionante e inesperada pra mim (que sempre fico sabendo delas antes e até ajudo a revisar XD). A sobriedade que o evento é tratado já é marca registrada do Cezzaretti e deixo aqui minha previsão para o futuro que podem me cobrar: quando os gamers brasileiros cansarem de brincar com blogzinhos que apenas repetem informações gringas sem nenhum diferencial, o Push Start irá atingir a mídia naturalmente. É adulto, é indústria, são dados e sao concretos, por isso, assim como possivelmente o GameWorld, são iniciativas que deveriam não ser apenas divulgadas e aplaudidas, deveriam ser obrigatórios.
    Vamos lutar por isso! Parabéns pelo ótimo trabalho! Que essa cobertura seja a primeira de muitas!

  2. Cara, seu blog é muito bom! Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: