Será o momento para um novo console?


A Sony está mostrando que a sua estratégia focada em longo prazo no Playstation 3, dá  resultados. O aumento considerável da sua base instalada e a aproximação meteórica com o seu concorrente direto, o Xbox 360, são apenas alguns exemplos desse contexto.

Uma das apostas para manter esse crescimento foi a criação do controle de movimento Move. Ao que tudo indica, essa tecnologia é mais complexa do que o Wii Remote (afinal foi projetado após o lançamento do console da Nintendo) e diferente do Kinect, que aposta na ‘ausência’ de qualquer joystiq.

Continue lendo

Anúncios

Kinect, E3 e o futuro dos controles nos videogames


Logo após tudo o que vi na E3, pensei: O que mais me chamou a atenção? Alguns dias antes do evento afirmei para o Checkpoint, que esperava algo inovador da Microsoft.

Muito se falava sobre o controle de movimento, batizado de Kinect, e os jogos que o acompanhariam. O lançamento de um console Xbox 360 Slim era outro ponto relevante.

Não que a Nintendo e a Sony deixariam de  apresentar novidades, mas foquei minha atenção, diretamente, na lista da gigante americana.

Continue lendo

Red Dead Redemption está entre as maiores produções de todos os tempos


Os investimentos para a produção dos jogos eletrônicos estão subindo vertiginosamente. A cada geração, o custo final para colocar um game na loja assusta, e cada vez mais polariza os lançamentos para as grandes produtoras. Esse, talvez, seja um dos desafios para a criação dos títulos para as próximas décadas.

Para entrar nesse seleto grupo de super produções, nada melhor que mais uma obra da Rockstar Games.  O artigo do Dailymail publicado pelo site Eurgamer, afirma que Red Dead Redemption, chegou, também, a marca dos U$ 100 milhões de produção.

O  texto afirma: “A Rockstar Games pensa ter gasto até U$ 100 milhões ao longo de todo o projeto”.

Valeu à pena? Sim, valeu. Para chegar a essa conclusão, basta olhar o site Metacritic. Com uma média mundial de 95, o game figurará entre os melhores lançamentos de ambos os consoles. Infelizmente, esse não é um orçamento abrangente. Poucas produtoras conseguem investimentos desse porte.

Continue lendo

Sony projeta lucro acima do esperado


A Sony está otimista. O Playstation 3 se estabilizou e um número considerável de bons jogos chegou ao mercado. A desconfiança gerada pela falta desses títulos é coisa do passado. É cada vez mais comum encontrar proprietários do console comentando, satisfeitos, sobre suas aquisições.

Um exemplo claro dessa afirmação está embasado no lançamento de God O War 3. Com mais de um milhão de unidades vendidas logo nos primeiros dias, o game – além de ser exaltado pela crítica (nota 93 no Metacritic), elevou o patamar gráfico dessa geração e aperfeiçoou a jogabilidade dos jogos de ação. A finalização da saga é  item obrigatório na coleção de todos os gamers, independente da plataforma escolhida.

O novo controle com recursos de movimento é outra aposta da gigante japonesa. Certamente seduzirá um bom número de jogadores casuais, assim como o seu concorrente Project Natal, da Microsoft. Caminhando a favor desse princípio, nada mais esperado que uma prospecção de lucro favorável para 2010.

Continue lendo

Gears of War 3, enfim, é uma realidade. Confiram o primeiro trailer


Não me contive. Hoje serei rápido e rasteiro. Estou, continuamente, me perguntando: Até que ponto a espera por um jogo é saudável? Esse questionamento veio a minha cabeça logo após que assisti ao primeiro vídeo do game Gears Of War 3.

Meu coração disparou. É engraçado como um simples contato visual com a obra proporciona tal reação. Vi e revi várias vezes. O cenário apocalíptico exposto no trailer é intrigante. Nele, Dominic Santiago, barbudo pela guerra, e Marcus Fenix, aparecem duelando com um Locust. As cinzas dão um leve toque de destruição aparente e os corpos petrificados esfacelam, sorrateiramente. Uma mistura de medo, angústia e ansiedade são notórias nesse momento.

Continue lendo

Gameloft surpreende e anuncia oito aplicativos para IPad


O IPad divide opiniões. Conhecidos por muitos como “IPhone de Itu”, contudo, o conceito que envolve o novo aparelho é muito interessante, afinal, tem a premissa de unir os melhores atributos do smartphone e do laptop.

Logo no seu lançamento, segundo site Folhaonline, vendeu cerca de 300 mil unidades. Outro ponto de destaque é a comercialização de 1 milhão aplicativos na loja virtual App Store da Apple. Em contrapartida, na iBookstore foram vendidos mais de 250 mil livros eletrônicos.

Os números são impressionantes, e Steve Jobs, diretor-executivo da Apple, comemora: “É ótimo ter o iPad lançado ao mundo, vai ser uma mudança de jogo”.

Continue lendo

Com público acima do esperado, a Gameworld 2010 superou as expectativas


Emocionante. Esse, certamente, foi o sentimento mais contundente quando Charles Martinet, dublador de Mario, Luigi, Wario, Waluigi, Baby Mario e Baby Luigi, subiu ao palco do Centro de Convenções Frei Caneca, representando a Nintendo, para receber o prêmio de Melhor Produtora/Desenvolvedora. Uma plateia ensandecida e apaixonada pela empresa recebeu o Ator com gritos, aplausos e empolgação bem característicos dos brasileiros.

O Gameworld 2010 conseguiu, ainda, agrupar ordenadamente algumas peculiaridades. O espaço destinado para as empresas foi bem distribuído e os grandes nomes da indústria marcaram presença. Sony, Microsoft, Nintendo, AMD, WB Games, Gameloft, entre outros, demonstraram algumas novidades, além de propiciar aos visitantes a experimentação de lançamentos.

Continue lendo