Gamer inglesa perde 51 kg com a juda do Wii Fit


O ato de ‘jogar videogame’ era considerado sinônimo de obesidade, sedentarismo e exclusão social. Esse rótulo permaneceu vigente por muitos anos e até hoje a resistência gerada por uma parcela da sociedade configura os jogos eletrônicos como vilões.

Podemos encontrar vários exemplos de pesquisas espalhadas pela internet. Os trabalhos variam desde campanhas do governo britânico até estudos da faculdade de medicina da USP e, com isso, o assunto sempre foi debatido pela imprensa especializada.

Existe uma verdade implícita nesse contexto. A união de uma alimentação recheada de guloseimas, pouco exercício, medo da violência externa e tempo exacerbado em frente a TV deturpa a saúde de qualquer um. O cuidado para não entrar em nenhum grupo de risco é mais contundente com os passar dos anos. As campanhas visando o combate com o sedentarismo são cada vez mais agressivas com os gamers, assim como foi divulgada pelo Departamento da Saúde do Reino Unido:

Continue lendo

A nova Casa do Push Start


Amigos leitores… A partir de agora o blog Push Start estará em outro endereço… Muito mais bonito, prático e bem distribuído… E o melhor, agora somos parte da família e-Zone!

Para conferir as novidades desse universo maravilhoso chamado videogame é só clicar no endereço:http://pushstart.net.br

Muito Obrigado!

Uma pequena lista e um Feliz Natal!


O que podemos sonhar em ganhar do Papai Noel? Bem, minha lista está um pouco inchada. Entretanto, quero dois presentes bem significativos: Um PS3 e uma Tv de Plasma.

Acho que o console da Sony é uma ótima aquisição. Ele é bonito, potente e possui um leitor de Blu ray profundamente competente.

Eu ainda quero jogar “Uncharted 2: among thieves” e contemplar o God of War III em 2010. Outro ponto positivo do console da Sony é a PSN. Gratuita e simples é a base da jogatina online e conduz de forma satisfatória os gamers para desafios mais abrangentes. O preço, hoje, não está elevado. Por R$ 1.200,00 encontra-se, facilmente,  o modelo Slim em milhares de sites (Mercado Livre, por exemplo).

Continue lendo