Pesquisa aponta que distribuição de jogos online cresceu em 2009


Um notícia divulgada no Uol, no dia 8 de agosto, me chamou a tenção. Segundo uma pesquisa realizada por pela Associação de Comerciantes de Entretenimento (EMA), as vendas de mídias físicas representam cerca de 80 ou 90% das vendas em 2009, arrecadando de US$ 17,9 bilhões. Entretanto, o ponto para ser destacado é o aumento da concepção “jogos por Download” que está em franco crescimento.

O que pode representar esses dados? Entendo que estamos entrando numa fase de transição. Com a  chegada da geração atual de consoles, a prerrogativa online cresceu assustadoramente. Esse cenário era comum para os jogadores de PC, e a entrada desses novos gamers nesse contexto fortaleceu a ideia da conectividade mundial através dos jogos.

Continue lendo

Anúncios

Novos estudos apontam que gamers controlam melhor os sonhos


Controlar os sonhos! Esse é um desejo muito comum entre qualquer ser humano. Adequar as formas e a intensidade daquilo que se passa durante o sono é uma vantagem significativa para uma boa noite de descanso.

Nesse pressuposto, o site Livescience divulgou o resultado de um estudo elaborado no Canadá, afirmando que “os gamers que jogam antes de dormir possuem um nível incomum de consciência e controle dos seus sonhos.” Esses resultados apontam, ainda, que essa realidade pode ser uma vantagem significativa no controle de problemas mentais.

Jayne Gackenbach, psicóloga da Grant MacEwan University, no Canadá comenta: “os jogadores estão acostumados a controlar seus ambientes de jogo, e com isso podem controlar seus ambientes nos sonhos”. A psicóloga se interessou, primeiramente, pelo sono de seu filho, que jogava continuamente antes de dormir e afirmava, para a mãe, que tinha noção do que sonhava a noite.

Continue lendo

Pesquisa revela: as mulheres estão tomando conta dos jogos casuais


Jogar videogame é um ato extremamente masculino? A resposta para essa pergunta já foi positiva. Sim, já foi… Os tempos mudaram. Cada vez mais inserida nesse contexto gamer, as mulheres estão tomando a frente em muitos segmentos na indústria dos jogos eletrônicos. Os games casuais e com temáticas diferenciadas para a sua realidade absorvem seguidoras e constitui um novo mercado.

A pesquisa ‘Mulheres e Games do Brasil’, elaborada pela empresa Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado, entrevistou 525 mulheres e obteve, assim, resultados significativos. Segundo os dados recolhidos, as internautas brasileiras quando estão online transpõem grande parte do seu tempo jogando para se distrair.  Contudo, outros apontamentos são da mesma forma interessantes:

Continue lendo

A evolução dos jogos cria gamers mais exigentes


Qual a verdadeira força de entretenimento dos jogos eletrônicos? Certamente, essa resposta está na forma com que a nova geração absorve os conteúdos propostos e promove suas descobertas com a passar dos anos.  A minha  foi composta e moldada com jogos simplórios, que mexiam muito mais com o lúdico do que com o Foto-realismo.

Continue lendo